A revolução não será tuitada

Os limites do ativismo político nas redes sociais

Malcolm Gladwell, Folha de S.Paulo, 12 de dezembro de 2010. Traducao de Paulo Migliacci.

RESUMO
O ativismo em redes sociais como o Facebook e o Twitter deriva de vínculos fracos entre seus participantes, que não correm riscos reais como os militantes tradicionais, unidos por vínculos fortes, em ações hierarquizadas e de alto risco, tais como as organizadas durante a campanha pelos direitos civis nos EUA dos anos 60. Continue lendo

Anúncios

Por uma mídia livre

Anselmo Massad, Revista Fórum, 1 de Agosto de 2008

Em um fim de semana na Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro, 600 fazedores de mídia se reuniram no I Fórum de Mídia Livre Rio. A insatisfação com a concentração midiática no país motivou os participantes a debaterem, nos dias 14 e 15 de junho, um leque de questões que abarcou desde a elaboração de políticas públicas até a discussão das rádios comunitárias e as possibilidades das novas tecnologias na luta pela democratização da comunicação no Brasil. Continue lendo