Greve na Foxconn que produz o iPhone 5

Em protesto contra as condições de trabalho desumanas a que são submetidos e às novas regras de controlo de qualidade, cerca de 4 mil trabalhadores aderiram à paralisação.

Tomi Mori, Esquerda.net, 8 de outubro de 2012

Segundo a organização China Labor Watch, os trabalhadores da Foxconn, em Zhengzhou, que produz o iPhone 5 da Apple, fizeram uma greve, sexta-feira, contra as condições de trabalho desumanas a que são submetidos para produzir esse telemóvel. Foram introduzidas novas regras de controlo de qualidade e os funcionários foram obrigados a trabalhar mesmo durante o feriado. É preciso lembrar que as jornadas de trabalho na Foxconn, mesmo em dias de calmaria, são longas e extenuantes. A pressão exercida é tão grande que alguns inspetores de qualidade chegam a agredir os trabalhadores. Continue lendo

Anúncios