“I’m pretty certain that we have now passed the tipping point for Arctic sea ice”

Ben Cubby, The Brisbane Times, September 23, 2012

As Arctic sea ice hits a record low, focus is turning to climate ”tipping points” – a threshold that, once crossed, cannot be reversed and will create fundamental changes to other areas. ”It’s a trigger that leads to more warming at a regional level, but also leads to flow-on effects through other systems,” said Will Steffen, the chief adviser on global warming science to Australia’s Climate Commission.

There are about 14 known ”tipping elements”, according to a paper published by the US Proceedings of the National Academy of Sciences. Continue lendo

Anúncios

Brasil adota meta contra aquecimento

carlos-minc1Proposta a ser apresentada em conferência do clima na Polônia prevê limite ao desmate em 11.700 km2 no período 2006-2010. País condiciona redução de derrubada na Amazônia, principal fonte de emissão nacional, a aporte de verba por parte das nações ricas.

Claudio Ângelo, Folha de S.Paulo, 29 de novembro de 2008

O Brasil vai, afinal, adotar uma meta interna de redução da taxa de desmatamento -mensurável, reportável e verificável. Será a grande contribuição do país à mitigação do aquecimento global, mas ela não virá de graça: será condicionada ao aporte de dinheiro das nações ricas para reorientar a economia da Amazônia. Continue lendo

‘Plano sem metas encoraja resistência’

Faltam cronograma, alvos e fontes de recursos na proposta do Plano Nacional de Mudanças Climáticas, diz professor José Goldemberg

Cristina Amorim, O Estado de S.Paulo, 26 de outubro de 2008

Nesta semana, termina o prazo dado pelo governo federal para receber contribuições da sociedade sobre sua proposta de Plano Nacional de Mudanças Climáticas, apresentado há um mês. A idéia é finalizar o texto para ser levado à Polônia, onde em dezembro ocorre a 14ª Conferência do Clima das Nações Unidas, para mostrar o comprometimento do Brasil com o desafio de controlar o aquecimento global. Continue lendo