A recuperação económica que não acontece

É um círculo vicioso e não há saída fácil ou aceitável. Pode significar que não há saída alguma. É algo que alguns de nós chamamos crise estrutural da economia-mundo capitalista.

Immanuel Wallerstein, Esquerda.net, 22 de agosto de 2012

A maioria dos políticos e dos especialistas tem o hábito arraigado de prometer tempos melhores no futuro, desde que as suas políticas atuais sejam adotadas. As dificuldades económicas globais que hoje vivemos não trouxeram uma exceção a este comportamento. Seja nas discussões sobre o desemprego nos Estados Unidos, sobre a escalada alarmante dos custos de financiamento da dívida pública na Europa ou sobre o súbito declínio dos índices de crescimento económico na China, na Índia e no Brasil, as expressões de otimismo a médio prazo permanecem na ordem do dia. Continue lendo

Anúncios

Structural Crisis in the World-System: Where Do We Go from Here?

Immanuel Wallerstein, Monthly Review (1), March 2011

I have written repeatedly on the structural crisis in the world-system, most recently in New Left Review in 2010. (2)  So, I shall just summarize my position, without arguing it in detail. I shall state my position as a set of premises. Not everyone agrees with these premises, which are my picture of where we are at the present time. On the basis of this picture, I propose to speak to the question, where do we go from here? Continue lendo

A depressão: uma visão de longa duração

Immanuel Wallerstein, Esquerda.net, 27 de outubro de 2008

Começou uma depressão. Os jornalistas ainda estão timidamente a perguntar aos economistas se podemos ou não estar a entrar numa mera recessão. Não acreditem nem por um minuto. Já estamos no início de uma completa depressão mundial, com desemprego extensivo em quase todo o lado.

Pode assumir a forma de uma deflação nominal clássica, com todas as suas consequências negativas para as pessoas comuns. Ou pode tomar outra forma, um pouco menos provável, de inflação galopante, que é apenas uma outra forma de deflacionar valores, e que é ainda pior para as pessoas comuns. Continue lendo

Wallerstein: O capitalismo está a chegar ao fim

Depois de ter, antes de todos, previsto o declínio do império americano, Immanuel Wallerstein afirma agora que entrámos desde há 30 anos na fase terminal do sistema capitalista. “A situação torna-se caótica, incontrolável para as forças que até então o dominavam, e assiste-se à emergência de uma luta, já não entre os detentores e os adversários do sistema, mas entre todos os actores para determinar o que o vai substituir”, diz o sociólogo norte-americano.

Entrevista feita por Antoine Reverchon, para o diário francês Le Monde em 11 de outubro de 2008. Reproduzido do Esquerda.net

Continue lendo