First Federal Reserve Audit Reveals Trillions in Secret Bailouts

Matthew Cardinale, IPS, August 28, 2011

The first-ever audit of the U.S. Federal Reserve has revealed 16 trillion dollars in secret bank bailouts and has raised more questions about the quasi-private agency’s opaque operations.

“This is a clear case of socialism for the rich and rugged, you’re-on-your-own individualism for everyone else,” U.S. Senator Bernie Sanders, an Independent from Vermont, said in a statement.

The majority of loans were issues by the Federal Reserve Bank of New York (FRBNY). Continue lendo

Anúncios

Fed Opens Books, Revealing European Megabanks Were Biggest Beneficiaries

Shahien Nasiripour, Huffington Post, December 1, 2010

NEW YORK — The Federal Reserve on Wednesday reluctantly opened the books on its monumental campaign to save the financial system in the midst of the recent crisis, revealing how it distributed some $3.3 trillion in relief.

Federal Reserve Chairman Ben Bernanke. The data revealed that the Fed’s aid was scattered much more widely than previously understood.The data revealed that the Fed’s aid was scattered much more widely than previously understood. Two European megabanks — Deutsche Bank and Credit Suisse — were the largest beneficiaries of the Fed’s purchase of mortgage-backed securities. The Fed’s dollars also flowed to major American companies that are not financial players, including McDonald’s and Harley-Davidson, through unsecured short-term loans. Continue lendo

Guerra financeira contra o trabalho e a indústria

Michael Hudson, Resistir.info, 26 de outubro de 2008

Sexta-feira, 24 de Outubro, a libra esterlina caiu para apenas US$1,53 (desceu de US$1,73 no início da semana, um enorme mergulho pelos padrões de câmbios de divisas), e o euro afundou para apenas US$1,25, enquanto o iene japonês subiu 10%. Estas mudanças ameaçaram interromper os mercados de exportações e consequentemente os padrões de vendas industriais. Os mercados globais de acções mergulharam 5 a 9% no estrangeiro e houve conversas sobre o encerramento do mercado de Nova Iorque se as acções caíssem mais de 1000 pontos. As trocas anteriores à abertura viram a Média Industrial Dow Jones cair para o limite máximo de 550 pontos (maioritariamente em vendas para o estrangeiro), antes de ricochetear para perdas de “apenas” 312 pontos enquanto o dólar subia face às moedas europeias. Continue lendo

EUA/Europa: Governos procuram salvar mercados financeiros

Esquerda.net, 29 de setembro de 2008

Durante todo este fim de semana, nos Estados Unidos e na Europa, multiplicaram-se as reuniões, entre ministros, administradores dos bancos centrais e banqueiros para tentar salvar os mercados financeiros e diversas instituições bancárias, em risco de falência eminente. Intervenções maciças dos bancos centrais, nacionalização de dívidas dos bancos, garantia estatal sobre venda de activos a outras instituições, são algumas das medidas tomadas pelos governos e administrações dos bancos centrais. Continue lendo

Mundo precisa de autoridade monetária

Jeffrey Garten, para o Financial Times. Folha de S.Paulo, 26 de setembro de 2008

MESMO QUE a imensa operação de resgate financeiro dos EUA obtenha sucesso, ela deveria ser seguida por algo de muito mais abrangente -o estabelecimento de uma autoridade monetária mundial para fiscalizar mercados que não respeitam mais fronteiras. Continue lendo