“Política tecno”: redes, códigos e movimentos

Inês Pereira, 9 de julho de 2008

Grandes manifestações, um pouco por toda a parte, convocadas pela Internet. Petições online, juntando milhares de assinaturas em prol das mais variadas causas. Manifestações virtuais, fóruns de discussão, agendas noticiosas alternativas. Repertórios de ação direta detalhadamente explicados em sites especializados, ao alcance de um clique. Informáticos e programadores que se organizam em associações, reivindicando um outro modo de produzir tecnologia. E, por outro lado, legiões de pessoas a fazer downloads ilegais e lenta e firmemente alterando o panorama da indústria fonográfica no mundo inteiro. A política, nos dias de hoje, reveste se de contornos muito tecno.

No presente artigo, procuro traçar algumas pistas sobre as relações entre a política – focando me particularmente na ação dos movimentos sociais – e a tecnologia – principalmente a informática e a Internet. Continue lendo

Anúncios

Pensar de forma diferente

Por Ricardo Coelho
Fonte: Ecoblogue

O preço do barril de petróleo ultrapassou já os 135 dólares. Mesmo tendo em conta a inflação, esta valor ultrapassa o do pico das crises petrolíferas dos anos 70. Está na altura de fazer uma pausa e reflectir sobre a sociedade que construímos.

História esquecida

Em 17 de Outubro de 1973, a Organização dos Países Árabes Exportadores de Petróleo (compreendendo os membros árabes da OPEP mais Egito e Síria) retaliaram contra o apoio de países ocidentais e do Japão a Israel na guerra de Yom Kippur decretando um embargo à exportação de petróleo. Ao mesmo tempo, a OPEP reduziu a sua produção, depois de as negociações com as sete grandes petrolíferas terem falhado. Como resultado, o preço do barril de petróleo disparou. Continue lendo