Brasil passou de 46 para 65 bilionários em um ano

desigualdade-socialO número de bilionários brasileiros na lista da revista norte-americana Forbes passou de 46 em 2013 para 65 em 2014, um crescimento de 41% em um ano! Um feito até mesmo para um dos países com maior concentração de renda do mundo. Em 2013 a economia brasileira cresceu 2,3%; para qual alguns ganhem tanto, outros tem que perder muito – e esses outros podem ser muitos…

Abaixo a reportagem e a lista dos bilionários da revista Época Negócios de 3 de março de 2014

O número de bilionários brasileiros aumentou. No ano passado, o país tinha 46 representantes na tradicional lista da Forbes, publicação norte-americana que lista os mais ricos do mundo. Na edição de 2014, há 65 representantes nacionais.

Os primeiros lugares continuam ocupados pelos mesmos: Jorge Paulo Lemann segue liderando o ranking, com fortuna estimada em US$ 19,7 bilhões, e Joseph Safra vem logo atrás, com US$ 16 bilhões. Na classificação geral, Lemann aparece em 34º lugar e Safra em 55º. Em terceiro lugar, subindo algumas colocações em relação ao ano passado, está Marcel Telles, sócio de Lemann no fundo 3G Capital.

Antonio Ermirio de Moraes, que estava na terceira colocação entre os brasileiros, teve sua fortuna reduzida pois agora o controle do grupo Votorantim agora está dividido entre seus irmãos e herdeiros. Por outro lado, seis membros da família entraram para o ranking este ano. O topo da lista deste ano acabou dominado por duas grandes empresas: AB/Inbev e Organizações Globo.

Entre os bilionários brasileiros estão 14 mulheres. Em relação à idade, apenas um brasileiro com menos de 40 anos aparece na lista: Eduardo Saverin, cofundador do Facebook, com fortuna estimada em US$ 4,1 bilhões. O mais velho é Aloysio de Andrade Faria, com 93 anos, herdeiro do Banco Real e dono do Banco Alfa.

Ranking geral
No ranking mundial, Bill Gates voltou a brilhar. Desbancado pelo mexicano Carlos Slim nos últimos quatro anos, em 2014 o fundador da Microsoft volta ao topo da lista, com fortuna estimada em US$ 76 bilhões. Slim aparece em segundo, seguido por Amancio Ortega, da Zara. Entre os bilionários estreantes mais notáveis estão Sheryl Sandberg, COO do Facebook e Jan Koum, do Whatsapp.

No total, a Forbes afima ter encontrado este ano 1.645 bilionários pelo mundo, com uma fortuna total de US$ 6,4 trilhões, um trilhão a mais do que no ano passado.

Ranking Nome                                                                   Fortuna (em US$) Setor Empresa
34 Jorge Paulo Lemann                                            19,7 bi Cerveja AB/Inbev
55 Joseph Safra                                                          16 bi Banco Banco Safra
119 Marcelo Hermann Telles                                  10,2 bi Cerveja AB/Inbev
137 João Roberto Marinho                                        9,1 bi Mídia Globo
137 José Roberto Marinho                                        9,1 bi Mídia Globo
137 Roberto Irineu Marinho                                      9,1 bi Mídia Globo
146 Carlos Alberto Sicupira                                      8,9 bi Cerveja AB/Inbev
367 Francisco   Dias Branco                                    4,1 bi Alimentos M Dias Branco
367 Eduardo Saverin                                                 4,1 bi Tecnologia Facebook
396 Walter Faria                                                          3,8 bi Cerveja Grupo Petrópolis
483 Aloysio de Andrade Faria                                  3,3 bi Banco Banco Alfa
520 Andre Esteves                                                      3,1 bi Banco Banco BTG
520 Antonio Ermírio de Moraes                               3,1 bi Diversificado Votorantim
520 Ermírio Pereira de Moraes                                3,1 bi Diversificado Votorantim
520 Maria Helena Moraes Scripilliti                        3,1 bi Diversificado Votorantim
580 Fernando Roberto Moreira Salles                   2,9 bi Banco e mineração Itaú
580 Joao Moreira Salles                                            2,9 bi Banco e mineração Itaú
580 Walther Moreira Salles Junior                          2,9 bi Banco e mineração Itaú
580 Pedro Moreira Salles                                         2,9 bi Banco e mineração Itaú
609 Abilio dos Santos Diniz                                     2,8 bi Varejo Pão de Açúcar
642 Miguel Krigsner                                                   2,7 bi Cosméticos Grupo Boticário
663 Edson de Godoy Bueno                                    2,6 bi Saúde Amil
796 Rossana Camargo de Arruda Botelho          2,2 bi Construção Camargo Corrêa
796 Renata de Camargo Nascimento                   2,2 bi Construção Carmargo Corrêa
796 Regina de Camargo Pires Oliveira Dias       2,2 bi Construção Camargo Corrêa
796 Moise Safra                                                           2,2 bi Banco Banco Safra
828 Antonio Luiz Seabra                                            2,1 bi Cosméticos Natura
925 Nevaldo Rocha e família                                   1,95 bi Varejo Riachuelo
931 Dulce Pugliese de Godoy Bueno                    1,9 bi Saúde Amil
931 Michael Klein                                                        1,9 bi Varejo Via Varejo
931 Rubens Ometto Silveira Mello                        1,9 bi Etanol Cosan
931 Lirio Parisotto                                                      1,9 bi Investimentos Videolar
1036 Jayme Garfinkel e família                              1,75 bi Seguros Porto Seguro
1092 Julio Bozano                                                      1,6 bi Banco Grupo Bozano
1143 Ana  Marcondes Penido Sant’Anna             1,55 bi Infraestrutura CCR
1143 Cesar Mata Pires                                              1,55 bi Construção OAS
1154 Sergio Lins Andrade e família                      1,5 bi Construção Andrade Gutierrez
1154 Victor Gradin e família                                    1,5 bi Construção Odebrecht
1154 Alexandre Grendene Bartelle                       1,5 bi Calçados Grendene
1210 Lina Maria Aguiar                                            1,4 bi Banco Bradesco
1210 João Alves de Queiroz Filho                         1,4 bi Bens de Cons Hypermarcas
1284 Eggon da Silva                                                  1,3 bi Indústria WEG
1284 Elie Horn                                                             1,3 bi Imóveis Cyrela
1284 Carlos Ribeiro Jereissati e família             1,3 bi Shopping Iguatemi
1284 Jorge Moll Filho                                               1,3 bi Hospitais Rede D’Or
1284 Jose Isaac Peres e família                            1,3 bi Shopping Multiplan
1284 Werner Voigt                                                     1,3 bi Indústria WEG
1284 Lilian Werninghaus                                         1,3 bi Indústria WEG
1372 Lia Maria Aguiar                                               1,2 bi Banco Bradesco
1372 Guilherme Leal                                                  1,2 bi Cosméticos Natura
1372 Rubens Menin Teixeira de Souza                1,2 bi Construção MRV
1372 Dorothea Steinbruch                                      1,2 bi Aço CSN
1442 Alfredo Egydio Arruda Villela Filho              1,15 bi Banco Itaú
1442 Daisy Igel                                                           1,15 bi Gás Grupo Ultra
1465 Ana Lucia de Mattos Barretto Villela            1,1 bi Banco Itaú
1465 Edir Macedo e família                                     1,1 bi Igreja/ Mídia Record
1465 José Mendes Nogueira e família                 1,1 bi Ferro e mineração J Mendes
1540 Giancarlo Franceso Civita                             1,05 bi Mídia Abril
1540 Victor Civita Neto                                             1,05 bi Mídia Abril
1540 Roberta Anamaria Civita                               1,05 bi Mídia Abril
1540 Jose Roberto Ermírio de Moraes               1,05 bi Diversificado Votorantim
1540 José Ermírio de Moraes Neto                      1,05 bi Diversificado Votorantim
1540 Liu Ming Chung                                               1,05 bi Papel Nine Dragons
1540 Neide Helena de Moraes                              1,05 bi Diversificado Votorantim
1565 Carlos Martins                                                  1 bi Educação Grupo Multi

3 Respostas

  1. Essa imagem parece até montagem de tão disparatada… :/ Mas sei que é verdadeira

  2. É imprescindível que nos doamos com o crescimento de bilionários no Brasil,visando como já dito no artigo lido,a ideia de que para que nesse sistema econômico explorador,para que “suba” um é necessário que “desçam” muitos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: